Pages

26 de outubro de 2010

Eu tenho você em mim!

Eu tenho uma paixão
não é de hoje...
É uma paixão desmedida, incontida em meu ser.
Essa paixão só cresce
à medida que o tempo passa.
Ela tem sido
a loucura dos meus dias
e causado minha insônia.
Revejo em minhas lembranças doces momentos
hoje transformado em aflições.
Energúmena vida posta à prova,
sem sorriso sem afeição, desassocio-me de mim mesma,
perco-me num labirinto sem fim, e choro!
Essa paixão transformou minha vida
e me ceifa de morte.
Onde quer que eu vá, está lá...
N’algum lugar a gritar , a me exumar...
Não quero mais me perder!
Preciso voltar a mim...
Preciso Voltarr!!

Edna Fialho

3 comentários:

  1. Uiiiiiiii Arrepiou!! Linda demais. Essa tá excelente.

    ResponderExcluir
  2. uallaualalal....
    Que texto heim?
    Esse veio de dentro mesmo, não há como negar. Maraaaaaaa

    ResponderExcluir
  3. Minha Flor! Esse poema é tudo de bom. O teu trabalho no Recanto das Letras também está primoroso.Mulher linda... Amooooo

    ResponderExcluir