Pages

10 de novembro de 2010

Paixão






















Eu me apaixonei pelos teus erros,
por tuas verdades, pelos teus deslizes
e tuas intenções; descobrindo no teu sorriso
e nos versejos da tua voz, 
a alegria exposta do teu olhar fujão.
Revivi cada cena do tema
do verbo "TE AMAR"!
Me imbui do desejo do toque,
retoque ousado, emoldado
na amostragem do teu delirar.
Eu te amei desde sempre,
muito antes do tudo,
muito além do depois
e me dediquei a essa doce surpresa
de amar uma estrela, 
um cristal lapidado,
uma flor de rosto-anjo,
um delinear do infinito, 
um por de sol enuviado...
Eu amei o que és, sem presente,
futuro ou passado e ainda hoje,
eu te tenho em mim guardado,
numa gaveta com forro de sonhos
e cadeado de ilusões.
Edna Fialho       

6 comentários:

  1. Muito lindos teus poemas. Sou teu fã.
    Bjssss

    ResponderExcluir
  2. Isso sim é paixão. Muito bom seus textos, é de uma intensidade divina. Vc vai longe garota.
    Ferrati

    ResponderExcluir
  3. Amadinha, que biito essa paixão toda. Amei.

    ResponderExcluir
  4. (Acyr Vieira)
    Minha amada amiga e escritora Lindíssimo tudo isso
    de um bom gosto e conteúdo de tirar o fôlego rs...
    Parabéns pelo trabalho bjs em seu ♥

    ResponderExcluir
  5. Sinceramente a gente entra em Blogs tão pobres de sensações, que quando entramos no teu, os amantes da boa poesia se sentem num mar de tranquilidade. Vai escrever bem assim no Brasil menina...kkkk

    ResponderExcluir
  6. Olá, Edna, lindíssimo poema. Expressão pura de um amor profundo. Parabéns e obrigado por seguir meu blog. É uma honra tê-la como seguidora. Bjs e muito sucesso em 2011.
    Ineifran Varão

    ResponderExcluir